domingo, 9 de dezembro de 2007

Os Meandros da Luta contra o Terrorismo

A CIA destruiu dezenas de horas de interrogatórios a membros da Al-Qaeda que utilizaram técnicas “menos legitimas” de obtenção de informação, nomeadamente simulação de afogamento (waterboarding). Mas não se preocupem, o Congresso está já a actuar…

Segundo o Público, o episódio foi revelado no mesmo dia em que em que “a Câmara dos Representantes e o Senado chegaram a acordo para a aprovação de legislação para o estabelecimento de um código de conduta de interrogatórios, eliminando técnicas coercivas como o waterboarding, a nudez forçada, choques eléctricos ou o uso de cães”… Desculpe, importa-se de repetir?!?

Sim, as organizações de defesa dos direitos humanos têm-se fartado de denunciar os atropelos cometidos em Guantanamo a coberto da luta contra o terrorismo. Mas saber que o Congresso Americano só agora está a legislar contra a utilização de tais técnicas é no mínimo bizarro. E a boa da chapada, arranque de unhas ou a tortura do sono, será que já legislaram contra isso?

3 comentários:

Rui Gamboa disse...

É difícil compreender como os EUA entram neste tipo de técnicas para obter info dos prisioneiros.

É que, para mim, faz todo o sentido haver uma prisão como GITMO. Há neste momento uma guerra contra o terrorismo, que não é convencional, que é nova e que necessita de outro tipo de "ferramenta". Compreendo GITMO, para prender os suspeitos de terrorismo e tentar descobrir a forma de actuação, nomeadamente, da Al-Quaeida.

Mas parece-me evidente que quando a info é sacada através de tortura, tem grandes hipoteses de não ser verdadeira. Os prisioneiros vão dizer aquilo que os interrogadores querem ouvir, haverá desinformação e os meios serão desperdiçados na busca de coisas inexistentes.

O Rumsfeld foi dos pricnipais culpados desta situação, não compreendeu a necessidade de negociar com os prisioneiros de GITMO, não compreendeu o que mais interessava, que é conhecer o modus operandi dos terroristas, conhecer as suas mentes, o que ele quis e deu ordens para isso, foi para tratar cada prisioneiro como se fosse o Atta e sacar info a todo o custo.

Melophobic disse...

A propósito do tema, lembrei-me de um bom filme que vi uns tempos atrás, "The Road to Guantanamo", Filme no IMDB
Quando puderem vejam-no.

pedro lopes disse...

Legislar contra outras formas de tortura, que não as agora incluídas - de referir que os Muçulmanos são particularmente sensíveis à nudez e aos cães -, será só depois de haver a certeza de não restarem mais provas.

Por agora vai assim. Há que proteger os agentes da CIA.....