quarta-feira, 17 de setembro de 2008

Uma ASAE para a Concorrência é que era...

O assunto tardou, mas já começou a fazer manchetes. Se o preço do barril de crude não pára de descer, porque razão a descida dos preços dos combustíveis é tão timida? Até estão a verificar-se subidas... Mistérios inatingíveis para o comum dos mortais.

O comissário europeu da Energia afirmou ontem que o regulador português "tem de acompanhar melhor o mercado nacional dos combustíveis". Hoje, depois do DN ter destacado esta questão, Manuel Pinho afirmou o óbvio: a descida dos preços do crude tem de ser acompanhado por descida dos preços dos combustíveis.

Entendendo a série de recados que surgiram, a Autoridade da Concorrência emitiu hoje um comunicado onde afirma que irá analisar os desfasamentos entre os preços do petróleo nos mercados internacionais e os preços dos combustíveis praticados pelas gasolineiras. Com base em novos dados solicitados às gasolineiras, a AdC publicará relatórios mensais sobre a formulação dos preços. O primeiro sairá a 30 de Setembro.

Tendo em conta a experiência do anterior relatório (divulgado a 2 de Julho), está visto que não existirão surpresas: não será detectada cartelização e argumentos imperceptíveis e inconclusivos tentarão justificar o timida descida dos preços. Uma espécie de fatalidade anunciada por uma entidade que de Autoridade para ter muito pouco...

2 comentários:

pedro lopes disse...

Caro JRV,

com mais doze dias a aguardar pelo relatório - que será incipiente -, as gasolineiras sorriem e o consumidor desespera.

Parece que o segredo para lucros astronómicos, reside num simples facto; aumentar rápidamente o preço ao consumidor, quando o crude sobe nos mercados internacionais; e tardar em descer o preço ao consumidor, quando o preço do barril desce bruscamente nos mercados de referência.


Receita simples, não?

Anónimo disse...

Também eu sou um Activista de Sofá e como tal para além de vos apoiar também envio menssagens para a DECO, Gab do Pres. da Rep., Assem da Rep. e para outros dependendo do assunto. Neste tb para as diversas Petroliferas no nosso País chamando-os de gatunos e Petrotraficantes. A algum tempo aquando daquela subida escandalosa dos preços um Director de uma Empesa desses traficantes foi ao Jornal Nacional (acho que da SIC) á hora de almoço explicar como funcionava os preços , então era assim. (Ex: Barril de Petroleo US$105 = 1,05 Euro/litro , Barril de Pet US$102 = 1,02 Euro/litro). Ou seja, por cada US dollar que custar um Barril equivale a 1 Cêntimo de Euro no Preço Final do Produto. Ainda explicou tb que de 1 Barril se extraía outros derivados que não só combustiveis, eu ouvi dizer que eles nao baixaram oa preço como deve de ser 1 Eu/l porque estao a aproveitar o lucro extra para poderem oferecer um Boião de Vaselina aos clietes aquando do pagamento já que estao a ser err......! Lol E já agora , se a ASAE está em cima de tudo porque não em cima das Petro. Aí sim isso é que era um bom trabalho